Artigos

Artigos

CaioDElia.jpg

Dr. Caio D´Elia

Médico, Karate-Ka há 31 anos. 

Ah! ... Também é filho de peixe, ... do Prof. Ricardo D´Elia.

"... o Karate-Ka não pode se machucar, pois as lesões podem afastá-lo da prática ou impor a ele restrições físicas durante o treinamento..."

Após anos de prática (31 anos) tenho constatado que todo bom Karate-Ka busca de forma incansável a evolução técnica e física. O desenvolvimento técnico e físico vem, em grande parte, atrelado ao treinamento constante e livre de qualquer restrição física. Para que isto ocorra o Karate-Ka não pode se machucar, pois as lesões podem afastá-lo da prática ou impor a ele restrições físicas durante o treinamento. Ambas situações irão atrapalhar seu desenvolvimento como Karate-Ka. Apesar disto, hoje ainda, pouco ou nada é feito pela maioria absoluta dos Karate-Kas no sentido de prevenir a ocorrência de lesões, ou mesmo diminuir o impacto que estas podem ter sobre seu aparelho musculo-esquelético.

FranciscoSergioDr

Dr. Francisco Sérgio C. Barros Leal

Médico, Karate-Ka desde 1978 e é participante do 2o. Curso de Formação de Instrutores de Karate-Do.
"Se você praticasse alguma atividade que pudesse decidir a sua sobrevivência em determinas situação, quantas repetições você estaria disposto a fazer?"

Os mestres japoneses sempre ensinaram karatê com o conceito que aprende-se praticando e repetindo os golpes o maior número de vezes possível, ou seja, muita repetição.

MarioSergioDr

Dr. Mário Sérgio Rossi Vieira

Médico , pratica Karate-Do desde 1981 e participante do 3o. Curso de Formação de Instrutores de Karate-Do.
"É perfeitamente compatível darmos ênfase a nossa segurança e a segurança dos nossos companheiros, e ao mesmo tempo, treinarmos com vigor e contundência."

As lesões Traumáticas mais comuns na prática do karate são as contusões e hematomas; as distensões dos tecidos moles (músculos, tendões, ligamentos); as fraturas ósseas; os ferimentos corto contusos e as lacerações da pele. Os locais de acometimento mais predominantes localizam-se nos grandes grupos musculares dos membros inferiores; nas articulações dos tornozelos, joelhos, quadris e cotovelos; em costelas, face e nos ossos das mãos e pés.

Quem Somos

Saiba ...

  • Quem Somos
  • No Que Acreditamos
  • O Que Fazemos
  • O Que Nos Diferencia
  • Nosso Portfólio

Onde Praticar

No momento a Escola não tem treinamentos regulares e ainda não tem Academias Credenciadas. Todas estão em processo de Capacitação e Credenciamento, mas você poderá participar dos diversos cursos e eventos que a Escola oferece.

Próximos Eventos